Faltam sete dias para o encerrar a campanha Lula Nobel da Paz iniciada pelo arquiteto e ativista dos direitos humanos Adolfo Pérez Esquivel. Foi diante da sede da Polícia Federal, em Curitiba, após visitar o ex-presidente que Esquivel anunciou publicamente que se empenharia para que o mundo reconhecesse a luta de Lula para acabar com a fome e a miséria.

“Como é sabido, a paz não é apenas a ausência de guerra, ou a morte de uma ou de muitas pessoas, a paz é também dar esperança ao futuro do povo, especialmente aos setores mais vulneráveis, vítimas da “cultura de descarte”, defendeu o arquiteto.

Com as iniciativas implantadas no governo Lula como o programa “Fome Zero” e o “Bolsa Família”, o ex-presidente promoveu a paz, incluiu e proteger mais de 36 milhões de pessoas que estava totalmente à margem de qualquer sistema, condenadas à morte e à violência múltipla.

Do anúncio da indicação ao  Comitê Norueguês do Nobel Presidenta Berit Reiss-Andersen, organizador do prêmio até agora mais de 450 mil pessoas já apoiaram a candidatura de Lula como Nobel da Paz.

Formas de apoiar a candidatura de Lula ao prêmio Nobel da Paz
Há duas formas de apoio. Para o público geral, basta acessar o manifesto através do link https://goo.g/5n93a2 assinar o abaixo-assinado e divulgar.

Já o apoio oficial pode ser feito por professores universitários, eméritos e associados das áreas de história, ciências sociais, direito, filosofia, teologia e religião, diretores de institutos de pesquisa da paz e de política externa, além de chefes de estado e membros de assembleias e congressos nacionais. O apoio deve ser feito direto do site do Comitê Norueguês que pode ser acessado por aqui https://www.nobelpeaceprize.org/Nomination/Nominator-application-form

Mais informações entre em contato com o Comitê Nacional Lula Livre
Contato imprensa: Ana Flávia Marx 55 11 99690-3298

Share This