09 de fevereiro de 2019

Read in English

1. O ato de celebração dos 39 anos do PT realizado em São Paulo neste sábado (9) teve como mote a libertação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, preso político desde abril de 2018. O deputado federal e líder do partido na Câmara, Paulo Pimenta(RS), lembrou que “ninguém mais do que o Lulagostaria de estar” no ato. O líder do partido no Senado, Humberto Costa (PE), frisou a importância de continuar a campanha Lula Livre e disse que o ex-presidente é “o símbolo maior do povo brasileiro”. A deputada federal e presidenta do PT,Gleisi Hoffmann (PR), recordou que Lula foi o primeiro presidente operário eleito no Brasil, enquanto Fernando Haddad, candidato petista nas eleições presidenciais de 2018, disse: “Hoje a gente celebra 39 anos da existência do partido que mudou a cara do Brasil, abriu horizontes para quem nunca sonhou com uma vida melhor”. O grito de Lula Livre ecoou pela quadra do Sindicato dos Bancários, no centro da capital paulista. Assista ao vídeo especial sobre os 39 anos do PT: https://youtu.be/lEkqSkmExb8

2. Neste sábado, em todo o País houve celebrações antecipadas do aniversário do Partido dos Trabalhadores, que neste domingo completa 39 anos de fundação. Em diferentes atos realizados Brasil afora, militantes de todo o Brasil lembraram-se do presidente Lula e de sua condenação como preso político, vítima de processos arbitrários e contaminados por posições políticas e ideológicas de juízes que deviam seguir apenas a lei. Em São Paulo, por exemplo, a quadra do Sindicato dos |Bancários ficou lotada de militantes, os quais, em sintonia com a Vigília Lula Livre em Curitiba, deram um boa tarde ao ex-presidente.

3. O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi homenageado neste sábado (9) na Alemanha, durante o Festival de Berlim, um dos eventos na área de cinema mais importantes do mundo. A homenagem foi prestada pelo diretor do filme “Querência”, Helvécio Marins Jr., durante a exibição de estreia de sua obra. O diretor vestia uma camiseta que faz referência ao ex-presidente, disse que “ama” Lula e denunciou que sua prisão é “uma das mais absurdas do mundo”. “É uma vergonha para nós brasileiros. Lula é o maior e melhor presidente da história do Brasil”, disse, sob aplausos, depois de gritar “ Lula livre!”. Saiba mais: https://tinyurl.com/yxzuyzxu

4. Hoje, na Vigília Lula Livre em Curitiba, a roda de conversa teve como tema central “Lições da luta para o momento Atual”, com o jornalista e escritor Nicodemos Sena, a arquiteta e advogada Marli Perim, do PT de Taubaté (SP), o educador popular Geraldo Pastana e a pedagoga Maria Antônia (Toninha ), do PT de Belterra (PA). Com a participação de caravanas de Florianópolis e da Baixada Santista, a roda de conversa foi dividida em grupos de discussões.

5. O “Bom dia, Presidente Lula!”, assim como a saudação vespertina ao ex-presidente neste sábado teve a participação de caravanas de Florianópolis, da Baixada Santista e de mulheres da UBM ( União Brasileira de Mulheres). Em todos os dois atos, militantes enfatizaram a importância de se ampliar o movimento pela libertação do ex-presidente e reforçaram sua condição de preso político desde 7 de abril de 2018, vítima na mais implacável perseguição judicial da história brasileira, em processos em que juízes atropelam as leis e a Constituição sem e menor cerimônia.

Boletim 355 – Comitê Popular em Defesa de Lula e da Democracia
Direto de Curitiba – 9/2/2019 – 309 dias de resistência – 21h25