04 de janeiro de 2019

Read in English

1. A presença de mais de 2 mil pessoas durante as festas de fim de ano coroou as lutas diárias em defesa do ex-presidente e da democracia realizadas na Vigília Lula Livre em Curitiba.Para cativar ainda mais a militância, nada melhor do que rever os melhores momentos de 2018 no local que virou símbolo de resistência. Assista:http://www.pt.org.br/assista-melhores-momentos-do-ano-novo-da-vigilia-lula-livre

2. Somente nas primeiras 24 horas de governo, Bolsonaro entregou as terras e as comunidades indígenas ao agronegócio e tirou a população LGBT das diretrizes de Diretos Humanos do Brasil. Já para Lula, “avançar na conquista dos direitos humanos significa exercer mais democracia, significa exercer mais justiçasocial, significa valorizar os pobres deste país”. Relembre o que Lula fez pelo povo brasileiro: http://www.pt.org.br/em-tempos-de-retrocessos-relembre-o-que-lula-fez-para-os-direitos-humanos/

3. “Agora meu diploma vale mais do que nunca, assinado pelo maior doutor de todos” – O metalúrgico do ABC, Antônio Elandio, formado em engenharia pelo FIES, trouxe seu diploma universitário até a sede da Superintendência da Polícia Federal em Curitiba, para ser entregue e assinado pelo ex-presidente Lula.Veja as imagens: https://bit.ly/2CPDHb6

4. As companheiras Maria e Tita saíram de Santa Catarina para visitar, pela primeira vez, a Vigília Lula Livre nesta sexta-feira (4). Elas levaram palavras de carinho e agradecimento ao ex-presidente Lula e afirmaram que tudo é possível através de luta, resistência e organização. Após o “boa noite” foi realizado o tradicional Luzes pra Lula, um dos momentos mais emocionantes da Vigilia Lula Livre que ocorre todas as sextas-feiras há nove meses.

Boletim 319 – Comitê Popular em Defesa de Lula e da Democracia
Direto de Curitiba – 4/1/2019 – 273 dias de resistência – 19h10