Read in English | Leer en español | Lire en français

1. A presidenta nacional do PT, senadora Gleisi Hoffmann (PR), anunciou hoje que a defesa da libertação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva seguirá como uma das principais bandeiras do partido. Depois de manifestações bárbaras e grotescas do presidente eleito Jair Bolsonaro contra Lula, ela disse temer pela vida do ex-presidente, condenado sem crime e sem provas pelo juiz Sérgio Moro. Gleisi lembrou que Lula tem direito a um julgamento justo e informou que o partido entrará com um pedido de proteção maior a sua vida e integridade. Leia mais: http://www.pt.org.br/gleisi-resistencia-bolsonaro-temer/

2. Coincidindo com a decisão de se fortalecer o movimento pela libertação do ex-presidente Lula, tanto no Brasil como no exterior, os coordenadores da Vigília Lula Livre decidiram reforçar a campanha de arrecadação de contribuições financeiras para a resistência democrática em Curitiba. As contribuições para a Vigília podem ser feitas por intermédio do link abaixo: https://vigilialulalivre.pt.org.br/cli/#/

3. O ato de boa tarde ao ex-presidente Lula neste 207º dia de luta democrática em Curitiba teve novas palavras de ordem adicionadas às que vinham sendo utilizadas nesses mais de seis meses em defesa da libertação do ex-presidente. A partir de hoje, logo após as saudações ao ex-presidente, os militantes da Vigília Lula Livre gritam também “estamos na resistência!”

4. No meio da tarde de hoje ocorreu uma roda de conversa com os militantes da Vigília sobre o tema Cultura na Atual Conjuntura. O evento foi coordenado por Luzia Ferreira, professora da Universidade Federal do Paraná.

Boletim 253 – Comitê Popular em Defesa de Lula e da Democracia
Direto de Curitiba – 30/10/2018 – 19h15

Share This